PUBLICIDADE
Topo

Roberto Sadovski

Por que Christopher Nolan, diretor de Dunkirk, desperta tantas reações de amor e ódio

Roberto Sadovski

09/08/2017 01h56

Durkirk está em cartaz no Brasil e os seguidores de Christopher Nolan estão, mais uma vez, divididos. De um lado, a turma que adora tudo que sai da mente do diretor; do outro, o pessoal que acha o cineasta inglês uma grande farsa, um exagero construído pelo marketing. Pessoal, pode ser nem um e nem outro? Não existe bobagem maior do que esse culto à personalidade (e seu oposto) por um diretor: o que importa, afinal, são os filmes. Nessa edição de Mundo Nerdovski, eu dei uma geral em sua carreira, passando por Amnésia, pela trilogia O Cavaleiro das Trevas e pela explosão criativa de A Origem e Interestelar. Já havia feito um ranking do Nolan aqui, e falei sobre Dunkirk aqui.

Sobre o autor

Roberto Sadovski é jornalista e crítico de cinema. Por mais de uma década, comandou a revista sobre cinema "SET". Colaborou com a revista inglesa "Empire", além das nacionais "Playboy", "GQ", "Monet", "VIP", "BillBoard", "Lola" e "Contigo". Também dirigiu a redação da revista "Sexy" e escreveu o eBook "Cem Filmes Para Ver e Rever... Sempre".

Sobre o blog

Cinema, entretenimento, cultura pop e bom humor dão o tom deste blog, que traz lançamentos, entrevistas e notícias sob um ponto de vista muito particular.