PUBLICIDADE
Topo

Novo trailer de Venom é assustador.... mas pelos motivos errados

Roberto Sadovski

24/04/2018 01h44

Enquanto a Marvel se prepara para dominar o mundo com Vingadores: Guerra Infinita, o que restou da editora nos cinemas fora do MCU continua mostrando as garras. No caso de Venom, as presas. Neste filme-do-Homem-Aranha-sem-o-Homem-Aranha, Tom Hardy é o repórter Eddie Brock que, durante uma investigação em uma empresa pouco ética, é ligado a um simbionte alienígena, criando o anti-herói Venom. Dá uma espiada no novo trailer que finalmente revela seu protagonista e volta aqui.

LEIA TAMBÉM

E é isso. Como conceito, Venom pode funcionar de forma bacana, mesmo com zero conexão com o Homem-Aranha. Sua origem, retrabalhada como o trailer indica, não precisa do Cabeça de Teia para funcionar. O problema – e é um problemão! – e o tom completamente inconsistente. Tom Hardy seria em teoria um repórter casca-grossa, mas no pouco que é mostrado ele surge como um sujeito meio trapalhão, choramingando ao descobrir aos poucos a força que agora reside nele. Em nada esse primeiro gostinho do anti-herói lembra os dois opostos da Marvel quando envereda pelos filmes "proibidos para menores" fora de seu Universo Cinematográfico. De um lado, Logan usou violência física e psicológica para contar a história de um justiceiro em seus fim dos dias; do outro, Deadpool construiu sua narrativa em torna da censura mais intensa, usando violência e linguagem como ferramentas narrativas para parodiar o próprio gênero dos "super-heróis".

Venom, até agora, parece estar em cima do muro, uma indefinição que pode ter contaminado seu protagonista. Ainda assim, claro, é só um trailer, e temos muito chão pela frente até o filme chegar aos cinemas, programado para 4 de outubro. Assim como o diretor Sam Raimi, eu nunca entrei no bonde do anti-herói, que pertence a uma era dos quadrinhos em que personagem bom era personagem violento e sombrio. Ele não conseguiu superar suas deficiências quando o colocou em Homem-Aranha 3. Com o tempo, espero que o diretor Ruben Fleischer e seu astro consigam dar um rumo bacana a Venom. O ator pode ter enxergado algum paralelo em Gollum e na dualidade impressa à criatura por Andy Serkis em O Senhor dos Anéis. O elenco é inspirado, com Michelle Williams e Riz Ahmed na mistura – um boato gigante sugere que Tom Holland daria as caras como o Homem-Aranha, mas eu não contaria com isso. Uma coisa é certa: a cena em que Hardy projeta-se para o céu, usando tentáculos para voltar à sua moto, merece ficar em algum lugar no chão da sala de edição. Brrrr…

Sobre o autor

Roberto Sadovski é jornalista e crítico de cinema. Por mais de uma década, comandou a revista sobre cinema "SET". Colaborou com a revista inglesa "Empire", além das nacionais "Playboy", "GQ", "Monet", "VIP", "BillBoard", "Lola" e "Contigo". Também dirigiu a redação da revista "Sexy" e escreveu o eBook "Cem Filmes Para Ver e Rever... Sempre".

Sobre o blog

Cinema, entretenimento, cultura pop e bom humor dão o tom deste blog, que traz lançamentos, entrevistas e notícias sob um ponto de vista muito particular.

Roberto Sadovski